Your address will show here +12 34 56 78
Novidades

O gabinete do prefeito Mário Pardini foi palco de reunião na qual também estiveram presentes a gerente da CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz, Orzila Ortega da Silva; o professor Dimas Baracat Thomé, diretor geral da Faculdade de Botucatu – Unibr, além do Colégio Objetivo; e o engenheiro elétrico Caio Scolástico, do Governo Municipal.

O representante da Instituição de Ensino Superior e do colégio solicitou melhorias na iluminação da Avenida Paula Vieira, onde estão o Objetivo e o campus da faculdade.


O prefeito disse ter autorizado o investimento com lâmpadas de LED, para gerar menor custo, mas alega que a CPFL não autoriza a Prefeitura a fazer o serviço. A gerente conta que a empresa entende essa alternativa como fora do padrão.

“Eles (CPFL) querem que a Prefeitura assuma esse serviço, mas não nos passam a lista de ativos, então não temos como saber o que estamos recebendo e quando queremos fazer algo, não deixam. Falam que o LED não é padrão, mas é mais econômico e até nos incentivam a usar em casa, mas não permitem nas ruas e sendo que o mundo todo já faz isso”, desabafa Pardini.

As partes se comprometeram a buscar alternativas e até mesmo um novo levantamento será feito no local.

0

Os alunos da Atlética Alfa, formada pelos alunos da Faculdade de Botucatu – Unibr e presidida por Wallemberg dos Santos Oliveira, criaram a Carona Legal. Estudantes do cursinho do Objetivo, que funcionará a partir de 11 de março no prédio da faculdade, também poderão participar. Basta dirigir-se ao mural localizado no corredor de entrada do setor de salas de aula do campus e preencher o formulário disponibilizado no local.

0